Quais foram, de fato, as mudanças que a Reforma Trabalhista, recentemente aprovada pelo Congresso Nacional, promoveu na antiga Consolidação da Leis do Trabalho (CLT), de 1943?

As respostas – todas – estão em um estudo comparativo realizado, a pedido do Seinesp, pelo escritório Custodio e Bissetti, Advogados Associados.

O estudo segmentou a legislação trabalhista em mais de 60 temas, desde os mais modestos, como uso de uniforme e definição de honorários periciais, até os mais exaustivos, como acordo coletivo de trabalho e comissão de representantes.

Além de explicitar as diferenças da Reforma em relação à antiga CLT, o estudo apresenta comentários em cada tema abordado, o que facilita a compreensão dos avanços ocorridos.

Clique aqui para ver o estudo.